0
Um caso absurdo de abuso sexual e extrema barbaridade foi registrado no final da tarde desta quarta-feira (18) na cidade de Alagoa Grande, no brejo da Paraíba. Um jovem de 20 anos portador de deficiência mental, residente no Assentamento Maria da Penha II, zona rural daquele município foi estuprado por três menores de 14, 15 e 16 anos de idade todos moradores do sítio Tambor e membros da família.
Os adolescentes são primos da vítima e segundo informações da polícia, depois da violência sexual, eles introduziram um cano de PVC no ânus do rapaz. A vítima está internada na UTI do Hospital de Trauma em Campina Grande, já que o cano perfurou o seu intestino o deixando em estado grave.
Os adolescentes foram encaminhados as autoridades para as medidas cabíveis.

 *** Portal do Litoral com Expresso PB

Postar um comentário

Você Repórter

Você Repórter
 
Top