0
Com 2 anos de idade, Carla Diaz estreou no mundo artístico fazendo campanhas publicitárias. Aos 4, ela estreou na TV e de lá não saiu mais. A atriz cresceu e apareceu. Neste sábado, 28, ela completa 25 anos e conta, em entrevista ao EGO, que apesar de já ser um mulherão, lida com naturalidade com o fato de algumas pessoas ainda a verem como uma menininha.

"Ter crescido na televisão é um fato, faz parte da minha história, então é natural que as pessoas lembrem da minha infância e das personagens que fiz ao longo desses 23 anos de carreira", afirma.

De uns tempos para cá, Carla fez alguns ensaios mais sensuais, que mostram seu amadurecimento. Nas fotos dessa matéria, ela aparece só de blusa, com as pernas e parte do bumbum aparecendo. "Acho que todo mundo tem um lado Sensual e dependendo do momento isso fica mais aflorado", avalia.

A atriz, que atualmente está em cartaz com o espetáculo 'Estúpido Cupido', no Rio, contou que ganhou ainda mais massa muscular para o trabalho e acabou perdendo três quilos.

"Tive que fazer aulas de stiletto com o Romulo Morada e acompanhamento com o 'coach' Valdemar Ribeiro. Acabei perdendo gradativamente tecido adiposo e, simultaneamente, ganhei massa muscular, hoje estou com com 46kg", conta ela, que apesar de tantos anos de carreira está fazendo sua primeira comédia. "Estou muito feliz com a personagem, é algo completamente diferente do que já fiz. Ela é sem noção, o que a faz ser hilária, e o público dá boas gargalhadas. Descobri com ela uma veia cômica em mim e quero explorar mais vezes esse lado em outros trabalhos", planeja.

Para o futuro, Carla revela planos tanto na vida pessoal, quanto na profissional. Solteira há um ano, ela diz que sonha se casar e ter filhos, mas não agora: "Já faz um ano que estou solteira, porém tenho grande vontade em constituir uma família no futuro. Gosto muito de ser desafiada e acredito que toda personagem tem seu desafio, por mais simples que pareça ser. Quero fazer muitas personagens ainda. Mesmo com 23 anos de carreira, ainda tenho muito o que aprender e fazer".


Fonte: Com informações do EGO

Postar um comentário

Você Repórter

Você Repórter
 
Top