0
Uma britânica acabou presa após confessar que acusou falsamente o chefe do seu noivo de estupro. Sophie Tucker, de 23 anos, disse ainda que inventou a história para que seu casamento não fosse cancelado, já que faltavam poucos dias para o evento.

O caso aconteceu na cidade de Torrington, na Inglaterra. Após trocas de mensagens picantes e fotos nuas, Carl Williamson, de 51 anos, foi convidado por Sophie para ir na casa que ela dividia com o noivo. Lá, eles tiveram uma relação sexual e Carl acabou topando com o subordinado quando deixava a residência.

Ele foi então acusado por Sophie de ter a jogado no sofá e feito sexo sem o consentimento dela. Carl acabou preso por 7 horas e foi liberado após pagar fiança. 

A história de Sophie foi desmascarada e ela acabou confessando ter criado a versão do "estupro". Carl, no entanto, entrou e depressão após "ser tratado como um animal" por causa das acusações.

Com informações de Opopular

Postar um comentário

Você Repórter

Você Repórter
 
Top