0
"Aqui tem uma panelada véia mó paia (sic), carne véia (sic) preta sem gosto, cumpade", reclamam os presos, que ameaçam quebrar a cadeia caso não sejam atendidos

Presos reclamam de opressão, de falta de televisão e de comida de má qualidade na Casa de Privação Provisória de Liberdade (CPPL) IV, no município de Itaitinga, na Região Metropolitana de Fortaleza. As reivindicações foram gravadas em vídeo divulgado nas redes sociais.

Nas imagens, aparecem três presos com os rostos cobertos com camisas. Eles ameaçam quebrar a unidade prisional caso as reivindicações não sejam atendidas.

“Os presos estão sendo oprimidos. A galera está querendo ir embora porque é final de ano, porque todo preso tem benefício e direito. Vamos quebrar a 4 [CPPL IV] todinha”, diz um dos detentos.

Os presos ainda citam os diretores da unidade, em tom de advertência. “Vamos quebrar todas as cadeias, todo mundo unido aqui, tá ligado? Aqui é a única cadeia que não tem gelágua [bebedouro com água gelada]. As visitas são aguentadas lá fora. Até nosso rango (sic) eles aguentam nessa cadeia desgraçada. Nós tenta ir (sic) embora e ainda não deixa (sic). O bagulho aqui é louco”, acrescenta outro interno.

Segundo dizem no vídeo, a cadeia é repleta de baratas, sem água e com comida de má qualidade.

“É cheio de barata, a comida é uma pirangagem (sic), a água cai só uma vez por dia. Nós quer (sic) só nosso benefício para puxar a nossa cadeia em paz, sossegado (…) Toda cadeia tem televisão, tem comida à bambam [à vontade], self-service. Aqui tem uma panelada véia mó paia (sic), carne véia (sic) preta sem gosto, cumpade”, reclamam. “Governo tá tirando é onda, oprimindo os presos”, concluem.

A Secretaria da Justiça e Cidadania (Sejus) informou, por meio de nota, que “está apurando todas as denúncias do vídeo e que está trabalhando na identificação dos presos que estão fazendo o uso ilícito de celulares dentro da unidade”.

Assista ao vídeo:


Fonte: Tribuna do Ceará

Postar um comentário

Você Repórter

Você Repórter
 
Top