0
A motivação do crime seria uma confusão em que o modelo brigou com outro homem que deu em cima de sua namorada


Um jovem de 22 anos foi morto após sair de uma festa na madrugada deste domingo (27). O modelo Johnny Moura morreu com um tiro na cabeça, na Avenida Luís Vieira, Dunas, em Fortaleza.
O rapaz foi para uma festa no La Masion Buffet, onde ocorreu uma confusão. Outro jovem havia dado em cima da namorada de Johnny, que não gostou e acabou deferindo murros contra ele. Segundo a delegada Socorro Portela, da Divisão de Homicídios e Proteção à Pessoa (DHPP) – onde um Boletim de Ocorrência foi registrado – o crime aconteceu na saída.
Já no fim da festa, fora do buffet, Johnny estava no banco de passageiros do carro que a namorada dirigia, quando baixou o vidro cerca de “cinco dedos”. A delegada conta que o assassino puxou a cabeça da vítima e disparou apenas um tiro a queima roupa.
Não se sabe ao certo quem atirou em Johnny, mas a hipótese é que o criminoso faça parte do “grupo de amigos” do jovem que levou soco do modelo.
Johnny foi encaminhado para o Instituto Dr José Frota (IJF), mas não resistiu. Amigos foram a DHPP registrar ocorrência. Em contato com a delegada, ela foi pessoalmente ao local para verificar indícios do crime. Ela ainda ressaltou que estão trabalhando na identificação do criminoso.


Amigos
Em contato com o amigo da vítima Adriano Caetano, ele lamentou a morte do modelo. “Era uma pessoa sensacional, alto-astral. Brincava com todo mundo, não tinha tempo ruim. Gostava muito de trabalhar e era muito dedicado no trabalho”.
Ele ainda ressaltou que Johnny não tinha problemas com ninguém e que a confusão ocasionou a morte do rapaz. Os amigos também enfatizaram que o rapaz que deu em cima da namorada e levou um soco teria alertado algum homem – uma espécie de segurança pessoal – para cometer tal crime.
Johnny tinha 22 anos, jogava polo aquático e era natural de São Paulo, onde a família mora. O velório e enterro acontecerão no cemitério São João Batista, por volta das 23h. Na delegacia, há pelo menos 50 amigos do rapaz esperando justiça.

Tribuna do Ceará

Postar um comentário

Você Repórter

Você Repórter
 
Top