0
A banana pode estar com os dias contados, de acordo com estudo realizado pela Universidade de Wageningen, na Holanda

A conclusão é de um estudo da Universidade de Wageningen, na Holanda

Um estudo realizado na Holanda afirma que a banana pode entrar em extinção. Publicado na revista científica PLOS Pathogens, a pesquisa diz que a causa é a "Panama Disease", uma variação do "mal do Panamá", causado por um fungo. A praga é conhecida cientificamente como Tropical Race 4 (TR4). A conclusão é de um estudo da universidade holandesa de Wageningen.

De acordo com o co-autor do estudo, Gert Kema, o problema está se espalhando, aos poucos, por várias localidades do mundo. "Sabemos que a origem [do TR4] está na Indonésia e que, a partir daí, se espalhou para Taiwan e depois para a China e o resto do sudeste asiático", afirmou no estudo.

Especialistas temem que o fungo chegue à América Latina, que concentra o cultivo de mais de três quintos das bananas exportadas no mundo. O Equador é o maior exportador, responsável por 23% da venda em 2014. O problema reflete também na economia, já que o comércio de banana movimenta U$ 11 bilhões por ano.

Os cientistas destacaram ainda a possibilidade de que o fungo se espalhe pelo Oriente Médio, Sul da Ásia e África, colocando em risco cerca de 40% da produção mundial de banana.

O 'mal do Panamá' é conhecido no mundo científico. É o mesmo fungo que quase levou a extinção uma espécie da banana original, em 1960. Em 1876, houve relatos de uma doença relacionada a bananas australianas. O problema retornou em 1890, na Costa Rica e no Panamá.

Fonte: Redação O POVO Online

Postar um comentário

Você Repórter

Você Repórter
 
Top