0
Uma gerente de uma agência de Correios foi sequestrada na madrugada desta quarta-feira, 16, e teve sua família feita refém durante o roubo do estabelecimento, em Pedra Branca, 261,6km de Fortaleza. A ação, conhecida como “sapatinho”, só foi denunciada quando os familiares e a mulher foram libertados, por volta das 10 horas da manhã.
O sargento Oscar Pinheiro, da 2ª Cia. do 9° Batalhão de Polícia Militar (BPM) de Pedra Branca, contou que a denúncia foi recebida e, em seguida, a vítima registrou um Boletim de Ocorrência na delegacia da cidade. A casa da família, em Boa Viagem, foi invadida durante a madrugada, e a gerente foi levada até a agência em trabalhava por volta das 7 horas da manhã.

“Uma parte da quadrilha levou a mulher e outra ficou fazendo a família dela refém. De manhã, ela abriu a agência e os suspeitos levaram o dinheiro do cofre, além da CPU do local”, detalhou Pinheiro. A identidade da mulher não foi revelada, e a quantia roubada ainda não foi informada.

A PM realiza buscas na região, mas tem poucas pistas e ninguém foi preso até o momento. “A vítima estava muito nervosa, não sabia dizer quantas pessoas eram e nem qual carro utilizado por eles”, explica o sargento.

O caso está sendo investigado pelo delegado Jefferson Custódio, titular da delegacia de Pedra Branca. Ele informou ao O POVO Online que está levantando os detalhes sobre o caso, nesta tarde.

Fonte: O POVO Online

Postar um comentário

Você Repórter

Você Repórter
 
Top