0
Enquanto a Justiça da comarca de Forquilha não resolver a situação de duas presas que estão detidas na Delegacia Regional de Polícia Civil de Sobral, elas correm o risco iminente de serem abusados sexualmente por outros presos em uma possível fuga da referida delegacia. Os xadrezes da delegacia não têm estruturapara "guardar" mulheres e nem homens.

Uma situação constrangedora para os Inspetores da delegacia, que deveriam estar investigando e estão é cuidando das detentas e dos detentos. Um prejuízo enorme para a sociedade sobralense.

Ressalta-se que o delegado Regional de Polícia Civil de Sobral, Dr. Júnior, já tentou por várias vezes resolver esse problema, mas a situação é complicada, pois depende do Poder Judiciário e do Ministério Público da cidade de Forquilha.

Fonte: Sobral 24 horas

Postar um comentário

Você Repórter

Você Repórter
 
Top