0

A prisão em Fortaleza de um traficante com passagens pelos presídios do Rio de Janeiro, e de ter ligação com a facção criminosa Comando Vermelho (CV), leva a Polícia Civil do Ceará a aprofundar as investigações sobre a presença de bandidos cariocas e paulistas na Capital cearense. Pouco a pouco, eles estariam tomando os “comandos” do tráfico na periferia da cidade e organizando seus “exércitos” de pistoleiros. No fim de semana passado, policiais da Divisão de Combate ao Tráfico de Drogas (DCTD), sob o comando da delegada Patrícia Bezerra, prenderam Jonas Mendonça Costa, 26. Ele foi apanhado juntamente com Paulo Roberto de Sousa Gouveia, 28. Os dois, segundo a delegada, iriam “abastecer” o tráfico local com maconha e ecstasy. A droga ecstasy, usada largamente por freqüentadores de festas raves, seria vendida nu desses eventos programado para acontecer em Fortaleza no próximo dia 24, conforme a delegada. Os dois homens vinham sendo investigados sigilosamente e acabaram presos quando se encontraram em um posto de combustíveis no bairro Aldeota. O encontro era para o repasse de uma amostra da droga e acertar outros negócios do tráfico. No entanto, após a prisão da dupla, a equipe da DCTD seguir até a Praia do Futuro, na zona Leste da Capital, e fez buscas em um apartamento onde Jonas estava morando. No local foram encontradas mais drogas, que, no fim da operação, totalizaram 10 quilos de maconha e aproximadamente 900 comprimidos de ecstasy. No ano passado, cerca de 20 jovens de classe média alta foram presos pela DCTD em Fortaleza por envolvimento no tráfico de ecstasy e outros entorpecentes que eram consumidos nas raves.
De fora
Na periferia de Fortaleza, o assunto tem dominado os moradores. Bandidos de outros estados, principalmente, do Rio de Janeiro e de São Paulo, estão assumindo o controle da venda de drogas. Eles vêm, paulatinamente, tomando os pontos do tráfico e ordenando execuções. Alguns, com maior lastro financeiro, estão morando em apartamentos da zona Leste da cidade. Muitos utilizam documentos falsos e se passam por comerciantes, empresários, vendedores e até pastores evangélicos.
*****Ceará News 7

Postar um comentário

Você Repórter

Você Repórter
 
Top