0
O pedreiro Regivaldo, de 38 anos, foi preso na cidade de Campinas por um crime cometido contra a honra e a inocência da própria filha, de apenas dez anos. Ele foi denunciado pela mulher depois de ser flagrado abusando sexualmente da garota. Entenda a história revoltante na galeria! No dia do flagrante, marido e mulher haviam brigado depois de voltar de uma festa. Como não estavam se falando, ela achou que o marido tivesse saído de casa e resolveu ir para o quarto dormir. No meio da madrugada, a mulher acordou e viu que o Regivaldo ainda não tinha voltado. Como de costume, ela foi até o quarto onde dormem os três filhos e se assustou com o que viu lá dentro. Ao acender a luz, a mulher flagrou o próprio marido abusando sexualmente da filha de dez anos. Desmascarado, Regivaldo se levantou rapidamente e fugiu correndo. Inconformada, a mulher levou a filha até o hospital e depois para uma Delegacia da Defesa da Mulher. Lá ela foi orientada pelo delegado a esperar o dia amanhecer para dar início na busca pelo criminoso. Quando a mulher voltou para casa, viu Regivaldo dormindo na cama e não perdeu tempo. Ela ligou para a polícia e evitou que o marido fugisse pela segunda vez. A prisão do pedreiro Regivaldo aconteceu na manhã seguinte ao abuso. — Ele confessou ter praticado o ato com a criança. Ele afirmou que essa é a terceira vez que ele faz isso. – afirmou o delegado titular. Ao ser questionado pela equipe de reportagem do Cidade Alerta, o pedreiro resumiu o ocorrido em apenas uma frase. 
— Esse é o preço da desobediência da palavra de Deus, só isso. O caso chocou os moradores da cidade de Campinas, no interior de São Paulo
*****R7

Postar um comentário

Você Repórter

Você Repórter
 
Top