0

Após os assassinatos recentes de dois franceses, um coreano, de um norueguês, além de um assalto a um comerciante português, desta vez, um empresário americano foi a vítima da criminalidade que avança e está sem controle no Ceará. O homem foi vítima de uma “saidinha bancária” na tarde de ontem em plena zona nobre de Fortaleza, e acabou agredido a tiros e coronhadas. Assim, em apenas 8 meses, cinco estrangeiros foram mortos neste estado.

O crime ocorreu por volta das 15 horas, quando o empresário americano saía de uma agência do Banco do Brasil situada na Avenida Abolição, no bairro Meireles, na companhia de seu advogado. Os dois teriam indo ao banco realizar um saque no valor de R$ 45 mil, fruto de negócios imobiliários, ramo de profissão do estrangeiro em Fortaleza.

A vítima, identificada apenas por Joseph, foi atacada por dois homens armados e se recusou a entregar uma maleta onde estava o dinheiro. O ataque aconteceu no cruzamento da Avenida Abolição com a Rua Joaquim Nabuco.

Baleado

Diante da reação da vítima, um dos assaltantes passou a desferir coronhadas. O segundo bandido disparou um tiro na perna direita do americano. Já de posse do dinheiro roubado, os assaltantes praticaram mais um crime, roubando o veículo de uma mulher que também saía da mesma agência.

Os assaltantes fugiram num Fiat Vivace branco em direção à Avenida Barão de Studart e, nas proximidades do Palácio da Abolição, sede do Governo do Estado, eles abandonaram o Vivace e roubaram um segundo automóvel, desaparecendo sem deixar pistas.

O americano foi levado para o IJF-Centro e a Polícia segue sem pistas dos criminosos. As cenas do ataque foram filmadas por câmeras instaladas nas proximidades da agência do BB.

Entre agosto de 2015 e abril deste ano, pelo menos, cinco estrangeiros foram mortos no Ceará, sendo todos os casos caracterizados como latrocínios, veja a lista:

01 (6 de agosto de 2015) – O comerciante coreano Xu Thao York, 49 anos, foi baleado e morreu dois dias depois no IJF-Centro. Ele havia sido assaltado e baleado quando saía da Feira da Sé, onde negociava roupas. Dois bandidos foram identificados como autores do crime.

02 (4 de novembro de 2015) – O coreano Tae Whan Roh, 39 anos, foi baleado e morto durante uma “saidinha” bancária na agência do Bradesco da cidade de Caucaia, onde havia sacado cerca de R$ 120 mil para pagamento de funcionários de uma empresa coreana instalada no Porto do Pecém, em São Gonçalo do Amarante. Dois bandidos foram presos.

03 (7 de fevereiro) – O corpo do turista francês Jean Michael Ulveling Gerard, 45 anos, é encontrado numa suíte de um flat na Avenida Abolição, no Mucuripe. A Polícia descobriu que o estrangeiro foi dopado e não resistiu em um golpe conhecido como “Boa-Noite Cinderela”. Trata-se de crime de latrocínio. Uma prostituta foi presa pela Deprotur e confessou o crime. Ela foi filmada ao sair do flat com objetos e dinheiro da vítima.

04 (15 de abril de 2016) – O norueguês Shaun Pal Elnaes é assassinado a golpes de faca na Rua Tarciano Rocha Ponte, na Praia do Pacheco, em Caucaia. A Polícia descobriu que o estrangeiro era envolvido com drogas e foi esfaqueado durante uma briga. Dois suspeitos são procurados.

05 (18 de abril de 2016) – O corpo do turista francês Gregório Finidori, 51 anos, é encontrado com marcas de violência (pauladas e esganadura) nas margens da BR-020, no bairro Urucutuba, em Caucaia, na região Metropolitana de Fortaleza. Ele foi vítima de um assalto. Nenhum suspeito foi identificado até o momento.

Fonte: Blog do Fernando Ribeiro

Postar um comentário

Você Repórter

Você Repórter
 
Top