0
Estivemos na noite deste domingo, 01 de maio de 2016, na Rua Emiliano Ribeiro da Cunha, no bairro Caixa D’Água, próximo ao deposito Nogueira Melo em Varjota (Vídeo), após conhecimento do caso de Maria Vitória, a bebê que nasceu com a síndrome de patau, uma situação rara e delicada. A jovem Maria das Graças nos contou em entrevista (Vídeo) que descobriu o problema de Maria Vitória na gravidez, após o nascimento a previsão do centro cirúrgico era apenas 20 dias de vida, vencido o prazo e já de alta, Maria Vitória viveria três meses devido à síndrome, mais uma vez a vitória foi conquistada e a bebê já está com quatro meses.
Mais a jovem família enfrenta dificuldades com o alto custo do tratamento. Dos seus quatro meses de vida, Vitória já foi submetida á sete cirurgias, só na região da cabeça foram três, na barriga três e perna uma. Ela precisa fazer mais uma interversão para correção de fissuras palatinas, enquanto ela não fizer a cirurgia vai ter que continuar se alimentando pelo uma sonda colocada na sua barriga. Os pais não têm condições financeiras e dependem do SUS que deve demorar bastante.






A imunidade de Maria Vitória é muito baixa e foi preciso por recomendação médica, os pais forrar com PVC o quarto, e instalar uma central de ar. Boa parte dos gastos veio de doações da família do casal e os padrinhos de Maria Vitória, pois a renda é insuficiente para tantas despesas. O casal não tem casa própria, paga aluguel e a única renda da família vem de um trailer, uma espécie de bar e pizzaria.

A mãe Maria das Graças pede encarecidamente a doação de fraldas (Foto), Leite Nan A.R (Foto) ou dinheiro para os custos de consultas e exames. Quem quiser doar pode ir à Rua Emiliano Ribeiro da Cunha, no bairro Caixa D’Água, próximo ao deposito Nogueira Melo ou no Trailer do Dominguinhos no trevo São Cristóvão ou ainda ligar para (88) 9 9688 1988 / (88) 9 9638 5254. A mãe Maria das Graças, o pai Dominguinhos e principalmente a bebê Maria Vitória agradecem a sua contribuição.

Maria Vitória é uma guerreira com sua força e vontade de viver, superando barreiras, e contrariando previsões da medicina.

Fonte: Varjota em Destaque.com / Varjota em Alerta.com / Varjota Notícias.com




Postar um comentário

Você Repórter

Você Repórter
 
Top