0
Uma flecha lançada de forma errada interrompeu as quartas de final do programa American Got Talent na última terça-feira (dia 02).

A assistente Amber Lynn Walker tentou fazer bem seu papel ao disparar uma flecha num alvo que estava na boca do ator e dublê canadense Ryan Stock. Esse alvo foi colocado em sua boca através de uma haste longa inserida na sua garganta a partir da boca.

Contudo o lançamento da flecha flamejante foi errado e a arma atingiu o corpo de Stock ao invés da mira fixada nele. Houve comoção dos jurados do programa, Simon Kowell, Heidi Klum, Mel B e Howie Mandel.

Stock, que também é engolidor de espadas, em momentos anteriores já havia chamado a atenção dos juízes com números envolvendo apontar fogo de maçarico na própria língua, segurar serra elétrica com a boca ou mesmo inserir objetos no nariz.

O dublê do Canadá, que trabalha com Walker há 15 anos, disse que sua reação imediata foi ver se não estava pegando fogo. Logo depois voltou sua atenção para a noiva e parceira, preocupado com o fato de ela se sentir mal com o erro que havia acabado de cometer.

No momento do #Acidente, apesar da insistência de Stock em dizer que estava tudo bem, os jurados foram firmes na afirmação de que ele precisava de cuidados médicos com urgência. O jurado Cowell chegou a interromper o julgamento da colega Heidi Klum questionando “por que estamos julgando essa atuação? Amber acabou de acertar uma flechada em Ryan e ele precisa ser levado para o hospital agora! Eu falo sério.”    

Momentos depois Ryan, a vítima, postou na internet uma mensagem para acalmar a audiência, informando que estava passando bem. "Tivemos um sério contratempo ao vivo. Uma falha mecânica, mas estou feliz por ter saído ileso disso".

O casal, pouco antes do acidente, ainda havia feito uma brincadeira sobre um possível erro na apresentação. Amber havia dito para seu noivo: “Promete que não vai ficar com raiva de mim se eu te matar?”, no que ele respondeu: “Claro, eu posso prometer isso.”

O ator ainda informou depois que o show foi preparado durante três meses especialmente para o programa. Disse ainda o quanto investiu em tempo e dinheiro para que tudo desse certo: “Nós investimos milhares de dólares nisso. Fazíamos o número dez vezes por dia, todo dia, durante três meses. Não tivemos nenhum acidente (nos treinos) mas depois ocorreu essa falha operacional no palco durante a apresentação ao vivo”.

Veja o vídeo a seguir:

Postar um comentário

Você Repórter

Você Repórter
 
Top