0
Depois de registrar dois casos de latrocínios (roubos seguidos de morte) somente nos primeiros dois dias de agosto, a Capital cearense foi palco, na noite de quarta-feira (3), da morte de, pelo menos, três bandidos suspeitos da prática de assaltos em série nas ruas e avenidas da cidade.

O primeiro caso ocorreu por volta das 21 horas, quando dois homens em uma motocicleta passaram a atacar transeuntes nas ruas dos bairros Centro, Aldeota, Meireles e Praia de Iracema. Mas, acabaram sendo perseguidos por desconhecidos e baleados ao chegar no cruzamento das ruas Barão de Aracati e João Carvalho, Aldeota.

A Polícia Militar foi acionada para atender à ocorrência e ao chegar no local encontrou os dois homens já caídos no meio da rua, com marcas de tiros. Os dois já estavam mortos. A identificação deles não foi informada.

Segundo caso

Em outro tiroteio, um homem suspeito de assaltos acabou sendo baleado e morto nas ruas do bairro Mondubim, na zona Sul da Capital.

Segundo informações de populares no local da ocorrência, o suspeito vinha assaltando pessoas que saíam de um supermercado nas proximidades e que se dirigiam aos pontos de ônibus.

Detido

Também na noite desta quarta-feira a Polícia deteve um homem suspeito de ter participado de uma tentativa de “saidinha bancária” que terminou em tiroteio e na morte de um agente penitenciário. O caso ocorreu na tarde de terça-feira passada no cruzamento das ruas Major Facundo e Senador Alencar, no Centro.

A vítima foi o agente penitenciário Josileudo Leite Silva. Ao tentar impedir o assalto contra uma mulher que tinha acabado de sair do banco, o agente foi baleado cinco vezes e caiu morto na portada agência do Bradesco. Ontem, a Polícia identificou e deteve um dos suspeitos no Município de Caucaia. Ele foi flagrado pelas câmeras do local do tiroteio fugindo mancando, já que acabou ferido com um tiro na perna. 
 
FONTE: FERNANDO RIBEIRO

Postar um comentário

Você Repórter

Você Repórter
 
Top