A estudante Emilly Araújo foi intimada a depor sobre a conduta agressiva do médico Marcos Härther no Big Brother Brasil 17. A vencedora do reality show vai prestar o depoimento às 10h de segunda-feira, na Delegacia de Atendimento à Mulher, em Jacarepaguá, Rio de Janeiro. A informação foi confirmada a VEJA pela delegada Márcia Noeli. Na última quarta-feira, Marcos depôs por mais de três horas e deixou o local sem dar declarações.
A Delegacia da Mulher abriu um inquérito para investigar uma possível agressão de Marcos a Emilly depois das atitudes agressivas do médico com a namorada. “Depois de analisar brevemente alguns momentos do reality show, concluímos que havia indícios, sim, de crime de lesão corporal e decidimos instaurar inquérito”, explicou Viviane Ferreira, uma das delegadas responsáveis pelo caso.
No último domingo, ainda dentro da casa do BBB, Marcos encurralou a jovem, colocou o dedo em seu rosto e apertou o seu braço. A briga motivou a entrada da polícia no caso e resultou na expulsão do médico do reality show, anunciada pela Globo na noite de segunda. Três dias depois, Emilly venceu a final do programa e ganhou o prêmio de 1,5 milhão de reais.
*** Informações com Revista Veja

Você Repórter

Você Repórter
 
Top