A dupla foi encontrada no veículo com um rádio comunicador na frequência da Polícia Militar e um objeto que simulava um revólver. A Polícia acredita que o equipamento era usado para evitar a prisão. 

O soldado já tinha sido preso pelo mesmo crime, em 2014. Julgado e absolvido, foi transferido para o interior do Ceará, onde estava desde então. Porém, segundo denúncias, após ser absolvido, continuou a praticar crimes. O militar licenciado é suspeito de um latrocínio após uma saidinha bancária no ano passado. 

Ainda de acordo com a Polícia Militar, Douglas é usuário de cocaína.

Fonte: Cnews

Você Repórter

Você Repórter
 
Top