0
Apontado como um dos chefes do tráfico de drogas no município de Serra, na Grande Vitória, o traficante Mata-Rindo foi encontrado morto no sábado à noite pela polícia civil do Espírito Santo, atingido por 12 tiros. Ele teria sido assassinato por uma facção rival.

Segundo a polícia, Mata-Rindo é chefe do tráfico da região onde seu corpo foi encontrado, o bairro Ourimar, e também comandava o comércio de drogas na localidade conhecida como Brejo. De acordo com o delegado Romualdo Gianordoli Neto, o traficante, de 22 anos, tinha sua própria facção: o Bonde do Mata-Rindo.

Identificado como Marcos Antônio da Silva Xavier, Mata-Rindo tinha diversas passagens pela polícia, nenhuma delas por assassinato - apesar de seu apelido. Mas, ainda de acordo com o chefe da Delegacia de Crimes Contra a Vida (DCCV) de Serra, Mata-Rindo aparecia como investigado em diversas mortes.

"Em vários inquéritos ele é apontado como autor, mas é difícil a gente arranjar informações sobre quem de fato matou, porque ele comandava lá aquela região", explica o delegado. Ele chegou a ser preso mais de uma vez por tráfico de drogas, mas estava em liberdade.

O DCCV agora investiga as circunstâncias da morte de Mata-Rindo. Sabe-se que ele levou 12 tiros nas costas, no tórax e na cabeça e morreu na hora. A principal linha de investigação é que outro grupo rival matou o líder do Bonde para assumir o controle do tráfico no Ourimar.

Fonte: Noticias Uol

Postar um comentário

Você Repórter

Você Repórter
 
Top