0
Uma ação rápida da Polícia Militar impediu que ocorresse uma nova chacina na periferia de Fortaleza. Na noite desta quinta-feira (20-07-2017), três jovens acabaram presos armados, na zona Oeste da Capital, w confessaram que iriam praticar uma matança em vingança pelo assassinato de um comparsa ocorrido horas antes durante um tiroteio envolvendo membros de facções criminosas.
A prisão dos suspeitos aconteceu na Avenida Leste-Oeste, na Barra do Ceará, quando os três jovens foram abordados por uma patrulha do Batalhão de Rondas de Ações Intensivas e Ostensivas (Raio). Com os três acusados a Polícia apreendeu duas pistolas e um revólver, além de muita munição.
Na abordagem policial, os suspeitos revelaram que iriam vingar a morte de um comparsa. Eles se referiam a outro jovem conhecido por “Dentinho”, que foi executado durante à tarde num confronto de facções criminosas no bairro Pirambu. O tiroteio ocorreu na Rua São Raimundo. Além da morte de “Dentinho”, outras pessoas ficaram feridas.
Outro caso - Na noite de quarta-feira, a Polícia Militar evitou também uma chacina que iria acontecer na cidade de Maranguape. Quatro homens armados com pistolas e uma metralhadora roubada da Polícia Civil, foram detidos numa abordagem de rotina realizada pela equipe Força Tática de Apoio (FTA) do 14º Batalhão (Maracanaú) , unidade operacional da PM subordinada ao Comando do Policiamento Metropolitano (CPM).
Jonathan Amaro Cabral, 27 anos; Francisco Bruno Moreira da Silva, 21; Francisco Jaênio Ferreira Leitão, 29; e José Evandro de Abreu Machado Filho, 24, foram presos em flagrante com um carro roubado. O veículo pertence a um policial militar e dentro do automóvel havia, além das armas, um fardamento da PM.
Segundo a Polícia, os quatro homens são de altíssima periculosidade e suspeitos de integrar um grupo de extermínio que atua à serviço de traficantes na cidade de Maranguape. Todos têm antecedentes criminais e serão investigados por vários homicídios ocorridos nos últimos meses naquela área da Grande Fortaleza.
*** Informações com Blog do Fernando Ribeiro

Postar um comentário

Você Repórter

Você Repórter
 
Top