0
O Departamento Estadual de Trânsito do Ceará (Detran) prevê implantar o sistema de Carteira Nacional de Habilitação Eletrônica, a CNH digital, a partir de fevereiro de 2018, conforme cronograma nacional estabelecido em resolução aprovada pelo Conselho Nacional de Trânsito (Contran).
A mudança do sistema terá início no estado após autorização do Contran. Segundo o superintendente adjunto do Detran-CE, Pablo Ximenes, "o sistema de implantação da CNH digital já está sendo estudado, e a transição vai ser rápida, em um mês, no máximo”.
O uso da plataforma digital como documento oficial de habilitação já está sendo estudado pelo Detran-CE, afirma Ximenes. “Nosso sistema já é voltado para esse tipo de conexão”.
A CNH digital vai ter o mesmo valor jurídico da carteira impressa. O cadastro do documento vai ser feito no Portal de Serviço do Departamento Nacional de Trânsito (Denatran), e validado com certificado digital.
Segundo Ximenes, o Detran do estado de Goiás foi escolhido pelo Denatran como projeto piloto de implantação da habilitação eletrônica. A partir dos resultados, os outros estados passam a ter permissão para iniciar o processo. “A versão definitiva (do sistema) deve ser disponibilizada até terminar o teste em Goiás. Só depois os Detrans vão se integrando ao sistema nacional”, explica.
O prazo para implantar o sistema da CNH eletrônica em todo o Brasil é fevereiro de 2018.
Como funciona
No site de serviços do Serviço Federal de Processamento de Dados (Serpro), órgão contratado pelo Denatran para fornecer o novo sistema, segundo Ximenes, o usuário tem acesso ao passo a passo da mudança.
Primeiro, o motorista realiza o cadastro no Portal de Serviço do Denatran e confirma o email com uso de certificado digital. Para isso, o acesso deve ser efetuado por um equipamento que permite o uso desse certificado; ou por meio do seu e-mail, no balcão do Detran.
Será enviado um link para o email informado. Em seguida, o motorista deverá realizar o login pelo aparelho onde deseja ter sua CNH digital.
No primeiro acesso, será preciso criar um PIN (código) para armazenar os documentos com segurança. Será preciso inserir o PIN criado para poder visualizar os documentos.
Caso necessite bloquear o aparelho para impedir o uso de sua conta e acesso aos seus documentos, o usuário deve acessar o Portal de Serviços do Denatran com o certificado digital e solicitar o bloqueio.
G1CE

Postar um comentário

Você Repórter

Você Repórter
 
Top