0
Depois de condenado a 45 anos de prisão por corrupção passiva, organização criminosa e lavagem de dinheiro, o ex-governador Sérgio Cabral perderá parte de seu patrimônio. No próximo dia 3 de outubro, acontecerá o leilão de sua mansão à beira-mar em Mangaratiba, avaliada em R$ 8 milhões, e de uma lancha, avaliada em R$ 4 milhões.
O leilão será realizado no Foro da Justiça Federal, na Avenida Venezuela, no centro do Rio de Janeiro. Também vão ser leiloados três automóveis, avaliados em R$ 240 mil, R$ 120 e R$ 76 mil.
Quem se interessar, também poderá tentar adquirir uma moto aquática, no valor inicial de R$ 45 mil, e um barco de pequeno porte, no valor de R$ 50 mil.
Se não for alcançado o valor mínimo, um segundo leilão acontecerá no dia 11 de outubro, quando os bens poderão ser arrematados por 80% de seu valor, que terá de ser pago à vista.
A decisão de leiloar os bens do ex-governador foi proferida em junho pelo juiz Marcelo Bretas, da 7ª Vara Federal Criminal. A esposa de Cabral, Adriana Ancelmo, também foi condenada e recebeu pena de 18 anos e três meses de reclusão.
Cabral é condenado a 45 anos de prisão por crimes investigados pela Calicute - No início da noite de quarta-feira (20), o juiz federal Marcelo Bretas,  da 7ª Vara Federal Criminal, responsável pelas investigações relacionadas à Operação Lava Jato no Rio de Janeiro, condenou o ex-governador Sérgio Cabral a 45 anos e dois meses de reclusão, além do pagamento de uma multa, pelos crimes de corrupção passiva, lavagem de dinheiro e organização criminosa.
Cabral foi condenado por crimes investigados através da Operação Calicute, um desmembramento da Operação Lava Jato que investiga um esquema que desviava verbas de contratos do governo do RJ com empreiteiras. Essa é a segunda condenação do ex-governador. Além dele, a sentença condena outras 11 pessoas por participar do esquema que desviava verbas de contratos do governo estadual. (Veja a Sentença Aqui)
*** Informações com Agência Brasil via Jornal do Brasil

Postar um comentário

Você Repórter

Você Repórter
 
Top