0
O Batalhão de Polícia de Meio Ambiente (BPMA) apreendeu 35 pássaros que estavam sendo comercializados em uma feira-livre, na rua Belém, no bairro Demócrito Rocha, na manhã desta segunda-feira, 2.

De acordo com a tenente da Companhia de Polícia Militar Ambiental, Luziane Freire, os suspeitos de comercializarem as aves perceberam a chegada dos agentes e fugiram, abandonando os animais no local.Os pássaros estavam presos em gaiolas.

Foram apreendidos onze galos de campina, nove bicudos, quatro abre-fecha, dois canários da terra, um sabiá laranjeira, um sanhaçu cinzento, três primaveras, um golinha, um bigodeiro, um cabocolino e um azulão.

Conforme Luziane Freire, as aves serão encaminhadas para o Centro de Triagem de Animais Silvestres (Cetas) do Ibama (Instituto Brasileiro do Meio Ambiente), na Messejana, onde passarão por avaliação antes de serem devolvidas a natureza.

Ainda segundo a tenente, a apreensão faz parte de uma operação de rotina para inibir a comercialização de pássaros da fauna silvestre de forma clandestina.

Conforme determina a Lei 9.605/98 de Crimes Ambientais, combinado com o Decreto número 6524/2008, a multa para quem é flagrado com aves silvestres sem autorização dos órgãos competentes é de R$ 500 por indivíduo de espécie não constante listas oficias de risco ou ameaças de extinção e R$ 5 mil por indivíduo de espécie constante de lista oficias de fauna brasileira ameaçada de extinção.
A Polícia Militar do Ceará, por meio do Batalhão de Polícia de Meio Ambiente, ressalta que a população pode fazer denúncias através do número 190 ou pelo telefone 3101 3545.
Redação O POVO Online

Postar um comentário

Você Repórter

Você Repórter
 
Top