0
Um médico dermatologista foi preso em flagrante por estuprar uma adolescente de 16 anos durante consulta na Policlínica Municipal de Francisco Sá, em Minas Gerais, na tarde de segunda-feira (28). As informações são do jornal O Tempo.
Segundo a Polícia Militar, a vítima relatou que o médico começou a consulta normalmente, mas depois passou a fazer perguntas mais invasivas, sobre seu ciclo menstrual e hábitos de depilação. O médico apalpou a cintura da adolescente, tirou a roupa íntima dela e chegou a introduzir um dedo no órgão sexual da jovem.
Constrangida, a adolescente contou sobre o que aconteceu a uma funcionária do hospital, que decidiu chamar a polícia. O médico foi preso ainda na unidade de saúde e encaminhado para a Delegacia de Plantão de Montes Claros.
A jovem foi levada ao Instituto Médico-Legal (IML) para fazer exames para comprovar o estupro. O médico foi autuado em flagrante por violência sexual mediante fraude, crime que tem pena de 2 a 6 meses de prisão. Após prestar depoimento, ele foi encaminhado ao presídio de Montes Claros.
Em nota, o Conselho Regional de Medicina de Minas Gerais informa que "diante de denúncias a respeito de estupro de paciente por médico na cidade de Francisco Sá, o CRM-MG informa que somente tomou conhecimento dos fatos hoje, dia 28 de novembro, por meio da imprensa e esclarece que abrirá sindicância para apuração dos fatos".
***** Informações com: Notícias ao Minuto

Postar um comentário

Você Repórter

Você Repórter
 
Top