0
Uma saidinha bancária, que aconteceu nesta sexta-feira, 26, por volta das 12 horas, na Caixa Econômica da Avenida 13 de Maio - Área Integrada de Segurança 05 (AIS 05) -, terminou na prisão de um suspeito dentro da Igreja de Nossa Senhora de Fátima.

Por meio de nota, a Polícia Militar informou que foram apreendidas uma arma de fogo calibre 38, com 6 munições, bem como a quantia assaltada - R$ 16 mil.

Ainda segundo a PM, a vítima sacava dinheiro para o seu patrão. Ela foi atingida com disparo de arma na coxa e, em seguida, socorrida para o Instituto Doutor José Frota por uma viatura do SAMU.

Segundo dois policiais militares, que preferiram não se identificar à reportagem, o suspeito tentava se passar por mais um fiel, já que, naquela hora, acontecia a missa diária. 

A funcionária de um estabelecimento localizado perto da igreja presenciou trabalho de revista da Polícia Militar. "A Polícia trouxe ele pra fora, meteu a mão nas 'calça' dele e tirou uma arma brilhosa", relatou ao O POVO Online.

Ela detalha que após este momento, um policial retornou ao interior da igreja e voltou com a bolsa roubada.

O POVO Online apurou que a abordagem se deu de forma discreta, de modo que os fiéis não se dispersaram e nem padre precisou interromper a missa.

O crime popularmente conhecido como saidinha bancária configura-se no assalto ou furto realizado logo após a vítima sacar dinheiro de bancos ou caixas eletrônicos.


O POVO

Postar um comentário

Você Repórter

Você Repórter
 
Top