0
Delegado disse que o crime só foi denunciado graças à coragem da criança.

Crimes de abuso sexual acabam chamando a atenção de todo o mundo. 
Caso acabou dando o que falar na região de Guaiúba, na cidade de Fortaleza. Um homem foi preso após um vídeo mostrá-lo cometendo um estupro.
O assunto teve grande repercussão e foi compartilhado pelo portal de notícias G1. De acordo com informações do delegado do caso, identificado como Francisco Cavalcante, [VIDEO] a própria neta do acusado, de apenas dez anos, gravou a violência sexual.
O assunto acabou repercutindo em todo o território nacional. Policiais civis do Ceará prenderam um homem de 78 anos suspeito de estuprar a neta, de 6, e mãe da garota. Ele foi detido na cidade de Guaiúba, na região metropolitana de Fortaleza, depois que a menina gravou um vídeo que mostra o idoso se masturbando em casa e o denunciou para a família. De acordo com a corporação, a menina viu o avô sem roupa e se masturbando.
Ela pegou o celular dele escondido e filmou tudo. Além disso, mandou um áudio para a mãe contando o que havia ocorrido. “Tá aí mãe a prova, a prova. Sabe o que é essa prova? É o que o vovô fica fazendo comigo, sabia? É isso que o vovô fica fazendo comigo e quando ele tá aqui eu não posso falar nada. Agora eu estou escondida falando dele”, diz a garota na gravação. Aos policiais, a menina contou que o vídeo foi a única forma que encontrou de fazer os adultos acreditarem que o avô abusava dela. A mãe disse, por sua vez, ter notado a filha diferente e amedrontada, mas que ela nunca havia falado das agressões.
A mulher revelou ainda que também sofreu abusos do pai. Ela era violentada desde os 10 anos. Segundo os investigadores, o idoso obrigava os filhos a assistirem filmes pornográficos enquanto ele se masturbava na frente deles. Além disso, também os obrigava a tocar nos órgãos genitais dele. “Ele praticava esses crimes em casa, na ausência da mulher. A família tinha medo e a esposa nunca soube o que de concreto acontecia. Foi a coragem da criança que o denunciou”, disse o delegado responsável pelo caso, Francisco Cavalcante.
O avó da garoto foi levado para a delegacia de Guaiúba e atuado pelos crimes de estupro de vulnerável e pedofilia. Mãe e filha foram encaminhadas para atendimento psicológico. Agora, a Polícia Civil trabalha para identificar outras possíveis vítimas do idoso na cidade.
 Avô que estupra neta vira notícia e revolta internautas O assunto acabou tendo grande repercussão nas redes sociais.
Muita gente fez questão de deixar o seu pitado em torno do tema. "Nossa sociedade é hipócrita. Mais de 60% das famílias brasileiras têm pelo menos um homem com idade superior a 30 anos abusando da enteada ou filha.
Desses, mais da metade dos casos conta com a conivência da mãe da vítima. Isso porque a maioria não quer escândalo, e para evitar conflitos na igreja e na sociedade que frequenta, mantém o silêncio e consequentemente o sofrimento', disse um dos internautas ao falar sobre o tema. Outros internautas lembraram que, muitas vezes, as famílias acabam não acreditando nas vítimas de abuso sexual. "É uma situação bastante comum, a dos familiares não acreditarem quando uma criança denuncia um parente, preferem pensar que a criança está fantasiando a crer que aquele parente 'tão generoso' possa estar cometendo tal tipo de abuso. - Meu pai, meu tio, aquele primo maravilhoso?!?!?! Nuncaaaaa, são verdadeiros santoooooos.... Pois é, a maioria dos casos de abuso, estupros, são cometidos por pessoas bastante próximas da própria família...", disse um dos internautas ao falar sobre o tema. #Avô estupra neta #É Manchete!


 FONTE: Noticias New

Postar um comentário

Você Repórter

Você Repórter
 
Top