0
Mayara Sabrina havia demonstrado interesse em alugar uma loja vizinha, ficando em posse das chaves, e fez um buraco na parede. Ela furtou jóias e semi-jóias do local 


Uma mulher foi presa na terça-feira (13), no bairro Mondubim, acusada de furto a uma joalheria no Centro de Fortaleza. 

Mayara Sabrina Pereira Correia, de 25 anos, está grávida de seis meses e cometeu o crime junto a um homem identificado como “Magão”. 

No momento da prisão, ela estava portando cocaína, maconha e uma identidade falsa. A suspeita foi autuada nos crimes de tráfico de drogas e furto qualificado. 

O furto aconteceu na madrugada do dia 4 de março. Para concretizar o crime, Mayara demonstrou interesse em alugar uma loja vizinha, ficando em posse das chaves, e fez um buraco na parede. Ela furtou jóias e semi-jóias. 

Segundo o dono do estabelecimento, o crime gerou um prejuízo em torno de R$ 500 mil, incluindo mais de mil alianças e relógios. 

O titular da Delegacia de Roubos e Furtos (DRF), Ricardo Romagnoli, comenta que – um dia antes – Mayara foi até o local para averiguar a movimentação da loja, dos funcionários e da segurança. Ela ainda fez a compra de alguns itens durante a visita. 

Para os policiais da delegacia, a mulher disse que o crime foi arquitetado pelo companheiro, que está recluso em uma unidade prisional da Região Metropolitana de Fortaleza. 

Mayara Sabrina, que é natural do Pará, já responde por formação de quadrilha e furto qualificado usando um nome falso em Fortaleza. A polícia investiga o caso. 

Fonte: Tribuna do Ceará

Postar um comentário

 
Top