0
O meio de transporte é fonte de renda para diversas pessoas, mas também causa incômodo, aumentando o congestionamento.

A carroça é um meio de transporte ainda muito comum em diversas regiões do interior do Brasil, entre elas Juazeiro do Norte, a 491 km de Fortaleza. Para tentar organizar melhor o trânsito, a Secretaria de Meio Ambiente e Serviços Públicos da Cidade (Semasp) propõe que as carroças de tração animal sejam emplacadas e autuadas caso comentam infração.

O meio de transporte é fonte de renda para diversas pessoas, mas também causa incômodo, aumentando o congestionamento, já que a presença desse tipo de transporte é grande no centro da cidade.

Os donos de carroça deverão realizar um cadastro. Ele servirá para fiscalizar pontos de descarga e também de recolhimento de entulho em pequenas reformas. Ainda de acordo com a Semasp, a prefeitura vai instalar ecopontos para receber o material, além do lixo que for recolhido pelos carroceiros, direcionado a coleta seletiva e a reciclagem.

Luiz Ivan Bezerra, secretário da pasta, se reuniu com a categoria na última segunda-feira (12) para orientar e discutir as normas para a atividade na cidade. “Cadastrar e emplacar é uma forma de legalizar a profissão. Queremos o que é bom para os carroceiros e o que é bom para a cidade”, afirmou o secretário.

Durante a conversa, foram definidos os locais de descarga de materiais, os ecopontos, além das obrigações com as leis de proteção animal, ambiental e de trânsito. O emplacamento vai servir para fiscalizar e autuar os carroceiros que estiverem em desacordo com as normas. Os emplacamentos devem começar em 1º de maio. (Com informações do portal Tribuna do Ceará)

Postar um comentário

Você Repórter

Você Repórter
 
Top