0
Segundo informações da polícia, o esposo da vítima foi espancado pelo suspeitos.
Uma mulher de 35 anos foi brutalmente violentada por oito homens na frente do marido depois de ter sido atacada em uma área isolada no distrito de Nagaon, no estado de Assam, na Índia.
O crime ocorreu quinta-feira (15), de acordo com a polícia. Conforme informações da imprensa local, na noite do ataque, o casal viajava de Kanpurpara Hojai e não conseguiu encontrar nenhum transporte após uma parada em Chaparmukh, em Assam. Segundo relatos da polícia, ao ver o casal sozinho, Marjot Ali, o principal acusado, fingiu ser um bom samaritano e ofereceu-lhes ajuda.
Ele os levou para um lugar isolado, onde ele e outros sete homens os assaltaram.
O grupo atacou o marido e, mais tarde, abusou da esposa na frente dele. A gangue roubou o dinheiro do casal antes de fugir do local. No entanto, eles foram presos pela polícia dois dias após cometerem o crime bárbaro. “O principal acusado, Marjot Ali, os levou a Kakotigaon com o pretexto de lhes fornecer abrigo naquela noite.
Em um lugar isolado perto do Rio Kopili, outros sete homens já estavam esperando no local”, disse um funcionário da polícia citada pelo site do jornal Times of India. Ele ainda acrescentou: “O grupo ainda bateu no marido da mulher e o grupo estuprou a mulher na frente dele antes de roubar o casal e fugir do local.” De acordo com a polícia, os oito acusados foram presos no sábado (17) e, em seguida, levados para uma unidade policial para prestar mais esclarecimento sobre o crime. A mulher passou por atendimento médico e seu estado de saúde é estável. O estado do esposo da mulher, que foi espancado, não foi divulgado. Um inquérito policial foi aberto e o caso está sendo investigado.
Outro caso semelhante de violência sexual contra uma mulher Em um incidente semelhante, um homem foi morto a tiros e a namorada foi violento por um grupo de homens depois que os ladrões viram o casal em um lugar isolado nos arredores da cidade de Mumbai, também na Índia, no início deste mês. Segundo informações, o grupo se aproximou do casal e exigiu dinheiro.
Porém, quando o homem se recusou a dar-lhes algum dinheiro, ele foi assassinado e a namorada foi #abusada sexualmente pelos criminosos. “Quando o casal estava em uma colina perto de Kalyan, por volta das 19h30, os homens não identificados se aproximaram deles e exigiram dinheiro. Depois que a vítima resistiu, os homens dispararam e estupraram a namorada, arrastando-a para um lugar solitário”, disse Yogesh Gurav, policial em Titwala, em entrevista à agência de notícias ANI.

Fonte: Blasting News

Postar um comentário

Você Repórter

Você Repórter
 
Top