0
Na cidade de Redenção, a 55 km de Fortaleza, uma mulher foi presa em flagrante por maltratar os três filhos menores de idade. Daniela Alves de Lima, de 24 anos, não cuidava das crianças e ainda deixava elas sozinhas em casa.

A mulher foi presa e conduzida à Delegacia Municipal acusada de maus tratos, cárcere privado e abandono de incapaz. Ela alegou falta de recursos financeiros para sustentar a família.

Segundo o delegado titular, Edcarlos de Souza Lima, a mulher não demonstrou nenhum arrependimento ao relatar as condições das crianças em casa. Em depoimento, Daniela disse que o benefício-reclusão, que recebe por ter o companheiro e pai das crianças preso, não dá para pagar as despesas. A casa teve água e energia cortadas.

As crianças foram encontradas sem cuidados, sujas e mal alimentadas. A denúncia foi feita pelo tio, José Irlano, que desconhecia a seriedade da situação, ao conselho tutelar da cidade.

“A gente só sabia que ela saía e deixava as crianças trancadas. Geralmente, o dia todo. Moramos próximos. Ela não falava com a gente. Nunca tivemos afinidade. Há 15 dias cortaram a luz e a água. No mesmo dia que cortaram, ela saiu e deixou as crianças sozinhas, no escuro. E a mais velha estava passando mal. Aí vi que estava num ponto extremo e tinha que tomar alguma atitude. Ele (o irmão preso) pediu pra eu tomar a frente da situação e resolver. Por isso que fui ao conselho”, disse o irmão.

Ao encontrar as crianças, as conselheiras choraram ao se deparar com a situação dos menores: uma menina de sete anos, e o casal de gêmeos com dois anos. Elas deram banho e alimentação aos filhos de Daniela. Os menores já estão sob guarda do tio. Na casa, móveis quebrados, muita sujeira e ratos.

A mulher foi autuada por volta das 10h30, no centro de Redenção, e acusada de cárcere privado, abandono de incapaz e maus tratos. Daniela vai ser encaminhada para a Delegacia de Capturas, em Fortaleza, e aguardar posição da Justiça.

Tribuna do Ceará

Postar um comentário

Você Repórter

Você Repórter
 
Top