ÚLTIMAS NOTÍCIAS

Ceará

Policial

Nacional

Varjota

Regional

Vídeos

Entretenimento

Você Repórter

Você Repórter

AllanNet

AllanNet

quarta-feira, 30 de novembro de 2016

Baterista de Wesley Safadão descobre a traição da namorada e quebra celular no rosto dela

A cantora de forró Marcia Fellipe foi agredida pelo marido Rod Bala, produtor musical e baterista de Wesley Safadão. O rapaz é conhecido no meio da música como R10 e, ao descobrir a traição da namorada com um dos dançarinos da banda, ficou furioso e quebrou um celular no rosto de Marcia.
A cantora deve passar por uma cirurgia para reparar os ferimentos. Por conta da agressão, Márcia teve que cancelar sua agenda de shows, que incluía apresentações em Pinheiro, Campestre e Bernardo, no Maranhão.
A equipe da moça seguiu para o México para gravar o clipe da música "Virou ex, perdeu a vez". O dançarino, pivô da traição, não viajou.
Cantora nega - No entanto, em seu perfil do Instagram, a cantora nega as informações de que teria sido agredida por seu companheiro. Ela diz que eles estão bem e que ela e seus filhos são "imensamente bem tratados por Rod".
Veja post na integra:
"É incrível até onde vai a maldade das pessoas... Infelizmente a mentira e a falta de caráter daqueles que espalham boatos inverídicos sobre pessoas que nem conhecem direito é algo que não tem limites, mas a nossa alegria é sabermos que existe um Deus que nos sustenta e justifica mesmo quando tentam nos denegrir e derrubar!
Só quem conhece o Rod de perto sabe a índole e o caráter desse coração bondoso em forma de ser humano! Tudo que sou e todos os lugares onde chegamos até aqui é fruto do nosso esforço, renúncias, dedicação e trabalho! Muito trabalho! MUITO TRABALHO HONESTO.
Nem precisava postar isso porque essa mentira descabida que foi divulgada em várias matérias dando conta de uma suposta agressão; é algo tão baixo e pequeno que realmente merece ser ignorado e esquecido, mas aproveitei a oportunidade pra honrar o ROD e dizer que eu e os meus filhos somos imensamente bem tratados e abençoados por termos alguém como o Rod ao nosso lado! Na Verdade eu e ele temos aprendido dia a dia a administrar todos os desafios de uma maneira respeitosa e feliz porque União é quando pessoas superam suas diferenças e decidem crescer JUNTOS!
Nossa Fortaleza é Deus e quanto mais algumas pouquíssimas pessoas escolherem plantar o mal contra nós Mais nós usufruiremos de uma Paz sem limites que matérias e boatos maldosos como esse jamais conseguirão comprometer! O mal por si só é destruído e Nós seguiremos Firmes. Sabemos que a Justiça de Deus não falha e enquanto alguns tentam nos abater a gente fica muito mais forte pra vencer todas as batalhas com Fé e a Paz de Deus em nossos corações". 
***** Informações com: Cidade Verde

Motorista de ônibus é ferido na cabeça por bala perdida nesta terça-feira (29).

Um motorista de ônibus, identificado como Pedro Moraes Dias, foi atingido com um tiro na cabeça na manhã desta terça-feira (29). Segundo informações, o disparo aconteceu fora do veículo e seria resultado de uma discussão entre duas pessoas.
De acordo com relatos, o coletivo, da linha Bom Jardim I, aguardava no semáforo, na avenida General Osório, quando uma discussão entre dois homens começou fora do veículo. Em meio a briga, um dos homens sacou uma arma e atirou, mas a bala acertou o motorista do ônibus. O tiro atingiu a vítima na altura dos olhos.
Pedro Moraes foi socorrido e levado no próprio coletivo, guiado por outro motorista, para o Hospital Distrital Maria José Barroso de Oliveira, o Frotinha do bairro Parangaba. A vítima chegou à unidade hospitalar consciente e foi transferido para o Instituto Doutor José Frota (IJF), no Centro de Fortaleza.
Após o fato, os dois homens apontados como responsáveis pela discussão fugiram. A Polícia foi acionada e já iniciou os trabalhos de investigação, a fim de capturar os responsáveis pelo disparo.
Segundo informações de um dos médicos responsáveis pelo atendimento do motorista, a bala não ficou alojada. Não há informações atualizadas sobre o estado de saúde do condutor do coletivo. Mais detalhes em instantes.

*** Informações com CNEWS

"Uma vergonha": Com país em luto, Câmara consolida teatro do pacote anticorrupção a favor deles, deputados.

Enquanto dormia um país em luto pela tragédia que matou 71 pessoas e dizimou a equipe da Chapecoense na madrugada da ultima terça-feira, a Câmara dos Deputados virou as costas aos dois milhões de brasileiros que votaram em favor das dez medidas contra a corrupção apresentadas pelo Ministério Público – e desfigurou o texto de modo que a única mudança substancial aprovada foi a que torna crime o caixa dois. Foi o último ato de um jogo de cena que teve início assim que o projeto de lei chegou ao Congresso, em março. Os parlamentares jamais cogitaram aprovar o texto do MP. Mas não ousaram deixar transparecer a intenção para a opinião pública.
Diante do conturbado momento da política nacional, os deputados preferiram deixar que a tramitação do texto seguisse sem maiores interferências: a ideia era aprovar o projeto na comissão criada para analisá-lo e, então, mudar o teor dos principais pontos em plenário. A comissão ouviu promotores e juízes. Também aprovou o texto elaborado pelo relator da matéria, o deputado Onyx Lorenzoni (DEM-RS). Houve chiadeira, mas não grandes duelos. Os parlamentares sabiam que a batalha principal se daria em plenário. Multipartidária, a manobra se deu por meio de emendas apresentadas por nove legendas. O texto segue agora para o Senado – e nada indique que tenha melhor sorte por lá.
No início da votação, por volta das 21 horas, caciques partidários ventilavam pelo Congresso que estava por vir uma grande mudança no texto final. A comoção nacional provocada pela tragédia da Chapecoense deu aos parlamentares a chance de fazer uma alteração ainda maior do que eles próprios previam originalmente. Mas ainda era muito cedo para que a manobra fosse posta em prática. Reuniões na calada da noite baixavam o quórum e preparavam o que estava por vir. Assim que o texto-base foi aprovado, deu-se a chuva de emendas, cuja votação só se encerrou pouco depois das 4 horas.
Além de desconfigurar as medidas propostas pelo MP, os parlamentares aproveitaram o sono dos brasileiros para mandar um recado de intimidação aos procuradores: a primeira mudança aprovada foi a inclusão no pacote da previsão de punir por crime de abuso de autoridade magistrados, procuradores e promotores. “Está sendo aprovada a lei da intimidação contra promotores, juízes e grandes investigações”, disse no Twitter o chefe da força-tarefa da Lava Jato, Deltan Dallagnol. A emenda obteve o apoio de 313 deputados – muitos deles, enrolados no petrolão.
Os deputados também incluíram a possibilidade de punir policiais, magistrados e integrantes do MP de todas as instâncias que violarem o direito ou prerrogativas de advogados. A emenda foi patrocinada pela Ordem dos Advogados do Brasil (OAB) e apresentada pelo deputado Carlos Marun (PMDB-MS). “O objetivo inicial do pacote era combater a impunidade, mas isso não vai acontecer porque as principais ferramentas foram afastadas. O combate à corrupção vai ficar fragilizado e, com um agravante, que foi a essa intimidação dos investigadores”, disse Lorenzoni, isolado dentro do próprio partido. Nem o DEM ficou a favor do texto elaborado pelo deputado. Lorenzoni foi vaiado e hostilizado por seus pares.
*** Informações com matéria completa na Revista Veja

"Outras notícias sobre a queda do avião que matou a delegação Chapecoense": Piloto da LaMia teria relatado falta de combustível

Um copiloto da Companhia Aérea Avianca declarou ter escutado uma conversa pelo rádio, entre o piloto do avião que levava a delegação da Chapecoense à Colômbia e a torre de controle do aeroporto de Rionegro. De acordo com os jornais colombianos "El Espectador" e "El Tiempo", a aeronave estava próxima ao voo da empresa Lamia, que caiu, matando 71 pessoas, na madrugada desta terça-feira (29).

De acordo com Juan Sebastián Upegui, o piloto da empresa boliviana solicitou prioridade para aterrissar devido a problemas com o combustível da aeronave. Ainda segundo o tripulante da Avianca, na conversa o comandante do voo da LaMia não disse à torre que se tratava de uma situação de emergência.
Em outro trecho da conversa, uma controladora de voos do aeroporto colombiano disse ao tripulante da LaMia que outra aeronave estava aterrissando em condição emergencial.
Ainda segundo o copiloto da Avianca, a funcionária do aeroporto pediu à sua tripulação que virasse à esquerda. "Quando ele [piloto da LaMia] iniciou a descida, declarou-se em emergência. Começou a dizer que tinha falha elétrica total e pediu vetores [rota mais rápida para aterrissar] para proceder [a descida]. Ajuda, vetores para alcançar a pista, repetiu", disse Upegui.
Representantes da empresa Viva Colômbia, responsável pelo voo FC 8170, a aeronave apresentou "uma indicação na cabine" que levou o comandante a interromper o trajeto original, mas não chegou a declarar emergência. Segundo informações, o avião pousou em Medellín à 0h51, quatro minutos antes do voo da LaMia com a delegação da Chapecoense desaparecer dos radares, quando estava a 33 km do aeroporto.

*** Informações com CNEWS

Polícia Federal apreende 3 milhões de cigarros contrabandeados no Crato


Policiais federais da delegacia de Juazeiro do Norte aprenderam, nesta manhã, três milhões de cigarros contrabandeados. As 300 caixas estavam escondidas em um depósito no bairro Muriti, na cidade de Crato. A apreensão foi realizada após os agentes federais receberem informações anonimamente do contrabando na região do Cariri.
Os cigarros paraguaios, das marcas Menthol, Mighty, GIFT, US American Blend e EL, foram levados para a sede da Polícia Federal, situada a rua Interventor Erivano Cruz, em Juazeiro do Norte. O dono do imóvel, que não estava no momento da apreensão, já se apresentou à Polícia juntamente com seu advogado. Esta foi a maior apreensão de cigarro em 2016, na cidade cratense.
Lucratividade - As apreensões de veículos com cigarros do Paraguai são diárias em diversas rodovias brasileira. O elevado número de pessoas que tentam realizar o contrabando se explica pela alta lucratividade do produto. Para se ter uma ideia, a quantidade de cigarro apreendida hoje representa, em valor, cerca de R$ 60 mil.
Algumas marcas custam, em média, R$ 1,50 se compradas no Paraguai. Nas mãos dos intermediários, esse valor se multiplica e eles chegam a ganhar, por caixa, R$ 475. Em algumas regiões do Estado, o produto é vendido ainda mais caro, chegando a render ao contrabandistas mais de R$ 700.
De acordo com os policiais que fiscalizam as fronteiras das regiões oeste e noroeste no estado, em uma estima mais ampla, uma carga composta por 500 caixas de cigarro – quantidade próxima a que apreendida em Crato – pode render de R$ 230 mil a R$ 360 mil bruto, aos intermediadores do produto.
*** Informações com Diário do Nordeste

Homem rouba balde de ouro de caminhão blindado em Nova Yoork, e ninguém nota.

Sorte e um pouco de rapidez renderam 1,6 milhões de dólares (5,4 milhões de reais) a um homem de Nova York, que sem esforço roubou um balde de ouro de dentro de um caminhão blindado. Nesta segunda-feira, o Departamento de Polícia de Nova York publicou o vídeo de uma câmera de segurança na rua West 48th que mostra o momento em o homem leva o balde de 39 quilos de raspas de ouro.
A fortuna foi roubada à luz do dia, no meio de Manhattan, quando os guardas do caminhão foram até a frente veículo, segundo a polícia. “Acho que ele [o ladrão] viu uma oportunidade, pegou o balde e foi embora”, disse o detetive Martin Pastor à emissora WNBC. O oficial também acredita que o homem “não tinha ideia” do que estava roubando, “mas deveria imaginar”.
A fortuna foi roubada à luz do dia, no meio de Manhattan, quando os guardas do caminhão foram até a frente veículo, segundo a polícia. “Acho que ele [o ladrão] viu uma oportunidade, pegou o balde e foi embora”, disse o detetive Martin Pastor à emissora WNBC. O oficial também acredita que o homem “não tinha ideia” do que estava roubando, “mas deveria imaginar”.
*** Informações com Revista Veja

Reveja a emocionante homenagem do Jornal Nacional às vítimas da tragédia da Chapecoense

O “Jornal Nacional” desta terça-feira (29) encerrou com uma homenagem às vítimas do acidente com o avião da Chapecoense, que deixou 71 mortos na madrugada de hoje, ao cair na Colômbia.
Os apresentadores Heraldo Pereira e Giuliana Morrone desceram da bancada e encerraram o telejornal na redação, ao lado de Galvão Bueno, que fez o encerramento pedindo aplausos de toda a equipe.
Um telão exibia fotos dos jogadores e jornalistas que morreram no acidente. O apresentador William Bonner não comandou o JN hoje por conta da morte do pai. “Uma última homenagem para os jogadores, comissão técnica, os dirigentes da Chapecoense, e para os jornalistas de todos os veículos, que nos deixaram hoje tão tragicamente. Todos nós, aqui na redação, de pé, juntos, damos uma salva de palmas”, disse Galvão Bueno. Se seguiu um minuto de palmas por parte de todos os profissionais da equipe presentes no estúdio. 
***** Informações com: Vitória da conquista Notícia 

terça-feira, 29 de novembro de 2016

BRASILEIRO É O POVO MAIS LIMPO E CHEIROSO DO MUNDO, CONFIRMA PESQUISA

Uma pesquisa realizada recentemente pela Euromonitor e publicada pela Super Interessante sobre hábitos higiênicos comprova que os brasileiros estão em primeiro lugar quando o assunto é a higiene pessoal.

A pesquisa foi feita em quinze países e traz alguns números interessantes:

1- Cerca de 80% das mulheres inglesas não tomam banho todos os dias e 30% chegam a ficar até três dias sem;

2- Na maior parte dos países a média é de um banho por dia;

3- Os mexicanos lavam os cabelos todas as vezes que se banham;


4- Os brasileiros tomam cerca de doze banhos por semana, lavam as cabeças em média quatro vezes apenas e se perfumam sempre;

5- Na Índia não foi possível chegar a uma conclusão, pois metade das casas sequer tem banheiro.

Confira o gráfico feito pela Revista Super Interessante:
Via O Segredo
 
Copyright © 2015 Varjota Notícias - O Site de notícias de Varjota Ceará, Brasil
Por: Wagner Passos