0
Foto: Vítima.
O fato ocorreu nos primeiros minutos deste sábado (16/01/16), por volta de 00h30, na rua conhecida como rua do Quinze, no bairro Pedreiras, em Varjota.
A vítima foi o idoso José Morais Ferreira, mais conhecido como José de Ferro, 64 anos, filho de Francisco Morais Ferreira e Salvina Ferreira Lopes, natural de Cariré, residente na citada rua. Ele trabalhou como pescador, sofria problemas de saúde e sua aposentadoria estava prevista para ser deferida no próximo mês.

O mesmo e outros vizinhos ouviram um barulho de violência na rua, teriam aberto a porta de casa para ver o que estaria acontecendo e a vítima acabou sendo assassinada, com um tiro abaixo do olho direito, quando o acusado não conseguiu matar a quem procurava.

O ancião faleceu no local ou a caminho do hospital, pois já chegou sem vida, segundo familiares.
De acordo com o comandante da Força Tática da PM de Varjota, subtenente B Sousa (o Linha Dura), o acusado é Armando, morador do mesmo bairro e que já tem passagem pela polícia.

Ainda segundo o subtenente, o acusado procurava matar as pessoas conhecidas como Narcílio e Danilo, que também já têm passagens pela polícia. Como não deu certo, resolveu matar o idoso inocente.
Em seguida, furtou uma moto e fugiu nela, tomando rumo ignorado.

Mas algumas horas depois, a PM conseguiu recuperar a moto da fuga, na região da localidade de Barros, no município de Pires Ferreira, onde também roubou outra moto, para continuar fugindo.
Moradores da rua teriam ouvido o barulho de 4 tiros.

José de Ferro, era separado há muito tempo, morava só e era cuidado por uma sobrinha. Ele deixou um filho, que reside em Quixadá e uma filha adotiva casada, que mora em Varjota.

Novas informações a qualquer momento aqui e no programa Vai dar Tudo Certo, nesta segunda (18), a partir das 12h00, na Styllus FM 98,7 de Varjota, com transmissão ao vivo por este site.

Fonte: RobertoLiraNotícias

Postar um comentário

Você Repórter

Você Repórter
 
Top