0
Um assaltante morreu e outro ficou ferido logo após a dupla praticar uma sequência de roubos contra estabelecimentos comerciais na cidade do Crato, no Cariri (a 540Km de Fortaleza), na tarde desta quarta-feira (6). Na delegacia, onde foi autuado em flagrante, o bandido que sobreviveu disse que preferia ter morrido no lugar de seu comparsa, a quem considerou como “gente boa”.

O ataque dos ladrões ocorreu por volta de 16 horas. Depois de vários roubos, eles escolheram como último alvo da jornada criminosa; um mercadinho localizado na Rua José Pinheiro Teles, no bairro Seminário. Invadiram o local, renderam várias vítimas e roubaram dinheiro e objetos de valor. Mas, na fuga em uma moto, trocaram tiros com um desconhecido.

O bandido que pilotava a motocicleta acabou sendo baleado e morreu. Tratava-se do assaltante paulista Clodoaldo Araújo Guedes da Silva, 26 anos. O comparsa dele, o cearense Fábio Antônio Caetano Cândido, 22, o “Fabinho dos Cândido”, tentou fugir, mas foi agarrado por populares e sofreu uma tentativa de linchamento.

A Polícia investiga os últimos crimes praticados pela dupla e já descobriu que “Fabinho dos Caetano” foi o responsável por um assassinato que ocorreu na cidade do Crato no dia 24 de outubro do ano passado, quando ele matou outro jovem, identificado como Ítalo Aurélio de Sousa, que tinha 18 anos. O crime ocorreu no bairro Seminário, o mesmo onde, ontem, o assaltante e seu comparsa acabaram fracassando em mais um roubo.

Fonte: Blog do Fernando Ribeiro

Postar um comentário

Você Repórter

Você Repórter
 
Top