0
A Polícia Militar de Ipu prendeu na noite desta quarta-feira (22/03) Alan Magalhães Rodrigues.

A prisão ocorreu no distrito de Várzea do Giló, região serrana de Ipu (CE), e com o abordado foi apreendido duas armas de fogo numeração raspada ambas municiadas.
Segundo os militares, eles receberam várias denuncias de populares informando que dois homens estavam de motocicleta no distrito com ação suspeita a viatura da PM, foi verificar quando avistaram os dois indivíduo sentados no banco da Praça.
A perceberem a presença da Polícia os suspeitos tentaram fugir do local, os policiais então uma perseguição aos suspeitos que caíram de moto um deles conseguir fugir o outro deixou cair uma das armas um revolver Taurus, cano médio, calibre 38, com numeração raspada.

Na busca pessoal foi encontrado em sua cintura, outra arma de fogo, um revolver, calibre 38, cano curto, contendo 05 munições. O indivíduo foi preso e conduzido para Delegacia Regional de Tianguá, para serem tomadas as medidas cabíveis.

Homem preso confessa ter sido autor de homicídio em Ipu

Indivíduo que fora preso no distrito de Várzea do Giló com dois revólveres completamente municiados, na noite de quarta-feira (23/03), estava na Delegacia Regional de Tianguá, onde lá após averiguações e oitivas, confessou a autoria de homicídio ocorrido em Ipu, um crime de pistolagem que aconteceu no início deste ano nesta urbe.

Alan Magalhães Rodrigues, residente no Sítio Estivado, região serrana de Ipu, após ter sido preso em Várzea do Giló em situação suspeita com 02 (dois) revólveres totalmente municiados, e com 02 (dois) Aparelhos celulares, em um dos telefones foram encontradas imagens dele ostentando armas, drogas e dinheiro, ele confessou ter sido o autor da execução de Roque Martins do Nascimento, 42 anos, morto com vários tiros, no dia 24 de janeiro de 2016 no centro da cidade de Ipu. (reveja a matéria)

O acusado diz ter feito o serviço com outros comparsas a quem não quis apontar, porque havia sido ameaçado por Roque, por conta de território, pontos de venda de drogas. Confessou que pra não morrer resolveu matar primeiro.

Mais quatro pessoas foram presas nesta segunda-feira (28/08) resultado desta grande operação comandada pelo delegado Regional Dr. Miguel Sales Filho em parceria com o delegado que responde pela DPC de Ipu Dr. Márcio Fernandes e mais inspetores e escrivães.

Esses quatro que também são do Ipu foram presos, porque no aparelho celular do Alan Magalhães tinha conversas em que os mesmos falavam em armas e munições, e de acordo com a Polícia com um deles foi apreendida uma arma de fogo de grosso calibre, mas ainda não há provas contundentes que eles tenham participação na morte do Roque, já que em momento algum, Alan apontou um deles, assumindo pra si a autoria do crime de morte. Em conversa telefônica Alan dizia que iria quebrar (matar) também o inspetor David da Polícia Civil de Ipu.

Os cinco presos foram conduzidos para a Delegacia Regional de Tianguá, onde ficarão a disposição da justiça. E as investigações coordenadas pelos delegados Dr. Miguel e Dr. Márcio Fernandes irão prosseguir. Porquanto aguardamos novos fatos.

Fonte: Ipu Notícias/Repórter Francisco José


Postar um comentário

Você Repórter

Você Repórter
 
Top