0
Jaguaribara - A mortandade de tilápia no Açude Castanhão, que começou a ocorrer no último fim de semana de maio, tem dado trabalho aos piscicultores pelo fato de ainda haver peixes para serem retirados do reservatório. Já a população deste Município, reclama o mau cheiro.
A funcionária pública Marineide Mendes conta que quase diariamente moradores vão até a Prefeitura reclamar. Os peixes estão sendo depositados em valas escavadas no aterro sanitário, mas, mesmo assim, o mau odor tem atingido boa parte da cidade. "Quando tem bastante vendo o cheiro fica insuportável", conta.
Moradores também passaram pela mesma situação, há um ano atrás, quando o primeiro grande episódio de mortandade atingiu a piscicultura.
O trabalho de retirada ocorre lentamente, já que há pouca estrutura e pessoal. Entretanto há pressa, pelo fato de o material já estar em decomposição. Os piscicultores de Jaguaribara e Alto Santo, principais municípios a exercerem a atividade dentro do Castanhão, estão buscando ajuda junto às prefeituras e a iniciativa privada para a conclusão.
http://diariodonordeste.verdesmares.com.br/cadernos/regional/mau-cheiro-dos-peixes-mortos-chega-a-jaguaribara-1.1566411

Fonte: Diário do Nordeste

Postar um comentário

Você Repórter

Você Repórter
 
Top