0
Apesar de bastante popular, prática e barata, a camisinha é um método contraceptivo eficaz que ainda levanta muitas dúvidas. Indispensável para o sexo seguro, o preservativo muitas vezes é rejeitado por homens que reclamam da falta de sensibilidade na hora da transa. De fato, a camisinha diminui a sensação para eles, mas de maneira tão pequena que não pode ter seu uso desconsiderado.

Mas e para as mulheres, a camisinha pode fazer alguma diferença na capacidade de ter prazer? A resposta é única e bastante simples: não. Acreditar que o preservativo possa afetar as chances de orgasmo é um mito derrubado por diversos estudos e, acredite, pode até mesmo ajudar a prolongar a transa.

Além de se sentir mais segura e relaxada, fato que contribui muito para um bom sexo, a mulher ainda pode tirar vantagem do uso da camisinha pelo parceiro que, por ter uma leve redução de sensibilidade, não sofrerá com uma ejaculação rápida demais, interrompendo uma relação que pode ser mais duradoura e prazerosa.


Fonte: Bolsa de mulher

Postar um comentário

Você Repórter

Você Repórter
 
Top