0
Uma família foi encontrada morta por volta das 7h desta segunda-feira, (29), no Edifício Lagoa Azul, que fica no Condomínio Pedra de Itaúna, na Barra da Tijuca, na Zona Oeste do Rio. De acordo com as primeiras informações do Corpo de Bombeiros, os corpos de duas crianças e de um homem estavam na área da piscina do prédio e teriam caíram do 18º andar. O corpo de uma mulher foi encontrado dentro do apartamento.

De acordo com uma vizinha que mora que mora na cobertura do prédio, ela estava em casa com o marido quando escutaram tiros e gritaria, por volta das 6h30. Segundo a vizinha, a impressão é que as crianças foram jogadas vivas pela janela e a rede de proteção do apartamento estava rasgada. O prédio tem 23 andares.
De acordo com um outro vizinho do condomínio, o marido se chama Nabor de Oliveira. O vizinho conta que a família era bem estruturada e os filhos Henrique, de 11 anos, e Artur, de 7 anos estudavam na mesma escola que seus filhos, a Escola Parque, mas que não eram da mesma turma.

Os Bombeiros foram acionados às 6h40, mas, ao chegarem no local, as vítimas já estavam mortas. Policiais Militares do 31º BPM também foram acionados para o local. Policiais da Divisão de Homicídios faziam a perícia no local, por volta das 8h30. Ate as 8h50 não havia indentificação das quatro vítimas.

Fonte: g1

Postar um comentário

Você Repórter

Você Repórter
 
Top