0

Um chinês que estuprou um cachorro e transmitiu o abuso ao vivo pela internet foi linchado por uma população revoltada.

O abusador filmou a si mesmo estuprando o animal e tentou vender as imagens na internet. Ele teria ainda oferecido aos internautas para baterem e também abusarem do cão por uma taxa.

Um grupo de voluntários defensores dos direitos animais entraram em contato com o homem, que concordou em marcar uma reunião.

Os populares revoltados foram até a casa do homem e o arrastaram para a rua, agredindo-o e deixando o abusador nu.
De acordo com os autores da ação, a polícia chinesa foi contatada sobre o abuso do homem, mas não teria tomado atitudes para investigá-lo e puni-lo, o que motivou o escracho.

Após a agressão, a polícia levou sob custódia tanto o homem quanto os voluntários que o atacaram. Já o cão abusado foi levado para uma veterinária e está recebendo cuidados médicos

R7

Postar um comentário

Você Repórter

Você Repórter
 
Top